• Carambola

A carambola é o fruto da caramboleira (Averrhoa carambola ), uma árvore ornamental de pequeno porte, da família das Oxalidaceae. Possui flores brancas e purpúreas. É largamente usada como planta de arborização de jardins e quintais. É originária da Índia, sendo muito conhecida na China.

Etimologia

"Carambola" é oriundo do francês carambole[1] .
Características

De sabor agridoce, com coloração variando do verde ao amarelo, dependendo do grau de maturação, rica em sais minerais (cálcio, fósforo e ferro) e contendo vitaminas A, C e do complexo B, a carambola é considerada uma fruta febrífuga (que serve para combater a febre), antiescorbútica (que serve para curar a doença escorbuto - carência de vitamina C, e que se caracteriza pela tendência a hemorragias) e, devido à grande quantidade de ácido oxálico, estimulador do apetite. Seu suco pode ser usado para tirar manchas de ferro, de tintas e ainda limpar metais. Sua casca é utilizada como antidisentérico, por possuir alto teor de tanino - cujo poder adstringente pode prender o intestino.
Carambola

É considerada uma fruta de quintal, pois seu cultivo não é feito em escala, sendo produzida essencialmente em sítios, quintais, granjas e pomares de fazendas. Começa a produzir frutos em torno de quatro anos de existência, dando em média duzentos frutos, podendo durar de cinquenta a setenta anos. A fruta parece uma estrela quando cortada e tem cinco gomos.

Pode ser consumida ao natural ou no preparo de geléias, caldas, sucos e conservas. Cortada em fatias e deixada no fogo brando com açúcar, fica quase da mesma consistência e sabor do doce de ameixa-preta. Na Índia e na China são bastante consumidas como sobremesa, assim como as flores e os frutos verdes, que são utilizados nas saladas.

Pessoas portadoras de insuficiência renal crônica não podem comer carambola, pois esta fruta possui uma toxina natural, a caramboxina, que não é filtrada pelos rins destas pessoas, ficando retida no organismo e atingindo o cérebro, podendo induzir crises de soluços, vômito, confusão mental, agitação psicomotora, convulsões prolongadas (estado de mal epiléptico), coma e levar inclusive, à morte. Portadores de diabetes devem consultar o médico antes de comer, pois podem sofrer de insuficiência renal e não saber. Pessoas sem problemas renais devem evitar o abuso no consumo da carambola. Isso porque seu teor de ácido oxálico pode eventualmente produzir cálculos renais em indivíduos mais sensíveis.[2] [3]

Carambola no Brasil

Foi introduzida no Brasil em 1817, sendo plantada em praticamente todo o território brasileiro. É muito popular na Região Nordeste do Brasil.[4]

Carambola

Produtos Relacionados

Acerola

Acerola

A acerola, azerola, cerejeira-do-pará, cerejeira-de-barbados ou cerejeira-das-antilhas (Malpighia em..

Banana

Banana

Banana, pacoba ou pacova[1] é uma pseudobaga da bananeira, uma planta herbácea vivaz acaule da famíl..

Laranja

Laranja

A laranja é o fruto da laranjeira, uma árvore da familia Rutaceae. É um fruto híbrido que teria surg..

Mamão

Mamão

Mamão, papaia ou ababaia, é o fruto do mamoeiro ou papaeira, árvores das espécies do gênero Carica, ..

Mexerica (tangerina)

Mexerica (tangerina)

A tangerina (Citrus reticulata), também laranja-mimosa, mandarina, fuxiqueira, poncã[1] , manjerica,..

Manga

Manga

A manga é o fruto da mangueira (Mangifera indica L.), árvore frutífera da família Anacardiaceae, nat..

Goiaba

Goiaba

Goiaba é o fruto da goiabeira, árvore da espécie Psidium guajava, da família Myrtaceae, originária d..

Coco

Coco

O coqueiro (Cocos nucifera), é um membro da família Arecaceae (família das palmeiras). É a única esp..

Tags: Carambola