EFEITOS DOS AGROTÓXICOS SOBRE A SAÚDE HUMANA E O MEIO AMBIENTE

A química dos agrotóxicos: impacto sobre a saúde e meio ambiente

Os agrotóxicos são produtos químicos capazes de controlar pragas (animais e vegetais) e doenças em plantas. Com o processo de automação da produ- ção agrícola, nas décadas de 1960-1970, os agrotóxicos passaram a ser amplamente utilizados no Brasil. As propriedades físico-químicas desses produtos, bem como a frequência de uso, modo de aplicação, características bióticas e abióticas do ambiente e condições climáticas podem determinar o seu destino no ambiente. Essas características definem o espectro de impactos no meio ambiente e na saúde humana causados pelos agrotóxicos. Os impactos na saúde humana são agudos ou crônicos, principalmente nos processos neurológicos, reprodutivos e respiratórios. No meio ambiente, os agrotóxicos têm trazido uma série de transtornos e modificações, atingindo a biota, água, solo entre outros ecossistemas. A conscientização dos produtores para novas formas de controle mais limpas é a garantia do desenvolvimento da agricultura de uma forma sustentável, sem agredir a saúde e o meio ambiente.
Ribas, P. P., & Matsumura, A. T. S. (2009). A química dos agrotóxicos: impacto sobre impacto sobre a saúde e a saúde e a saúde e meio ambiente meio ambiente. Revista Liberato. Novo Hamburgo, 10, 149-158.

Impactos do uso indiscriminado de agrotóxicos em frutas e hortaliça


O uso indiscriminado de agrotóxicos na produção de frutas e de hortaliças tem acarretado graves problemas de saúde pública e ambientais. Existe uma carência de informações sobre as medidas de segurança para o manuseio desses produtos e de seus efeitos adversos em toda a cadeia produtiva. O objetivo deste estudo foi relatar os impactos do uso indiscriminado de agrotóxicos em frutas e hortaliças com base em levantamento realizado em literatura científica e em dados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Os resultados indicam alto percentual de irregularidades no uso de agrotóxicos. A presença de resíduos proibidos ou acima dos limites permitidos, com consequentes efeitos nocivos ao ambiente e à saúde pública apontam para a necessidade da elaboração de políticas públicas mais eficientes para o controle e monitoramento do uso de agrotóxicos.
Vinha, M. B., de Oliveira Pinto, C. L., Pinto, C. M. F., de Souza, C. F., de Miranda Souza, M. R., & de Oliveira, L. L. (2011). Impactos do uso indiscriminado de agrotóxicos em frutas e hortaliças. Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável1(1)